Menu


Mensagem da Coordenadora da Pastoral da Aids do Leste 1 na celebração da Santa Missa

10 AGO 2016
10 de Agosto de 2016
Durante a celebração da Santa Missa de encerramento da Assembleia Regional da Pastoral da Aids, presidida por Dom José Francisco Resende Dias, bispo referencial da Pastoral da Aids no Leste 1, a coordenadora da Pastoral da Aids no Leste 1, Ana Carolina Barbosa de Souza, fez seu agradecimento pelos anos à frente do regional:


Dom José Francisco, Frei Lunardi, Pe. Ricardo e Pe. Agnaldo, meus queridos  coordenadores e agentes da pastoral,

             2002 à 2016 foi uma longa jornada aonde pude aprender e desenvolver tudo aquilo que o Espírito Santo me ensinou através das pessoas, e principalmente do  Cal, que com a sua paciência e boa vontade sempre esteve junto comigo, enfrentando os maiores desafios que já encontrei na vida, e que nunca pensei que poderia transpor se não fosse pelo meu sim, amparado pelo amor de Jesus e Maria. Tenho grande admiração por você Cal e pela sua garra enfrentando o mundo por aquilo que você acredita e que me fez também acreditar – devolver a dignidade aos ainda excluídos da sociedade.
            A coordenação me foi colocada nas mãos sem eu nem saber o que iria fazer, mas com certeza Deus sabia o que fazer comigo. E assim fui caminhando conforme o Espirito me orientava e a ajuda de todos vocês. A certeza de que Deus não nos desampara, me fortaleceu na missão e hoje estou aqui para um novo desafio.   Enfrentaremos agora uma nova etapa do nosso trabalho, com algumas mudanças, outras não, mas o trabalho permanece no amor àqueles que necessitam ser amados e queridos.
            A caminhada foi árdua pelos tantos NÃOS que encontrei  e pelas dificuldades em encontrar pessoas que comigo pudessem assumir esse trabalho tão grandioso que Deus confiou a cada um de nós, e hoje a cada um de vocês. Mas como toda obra que é de Deus, não morre, nem é esquecida, fomos avançando e o Espírito Santo foi tocando com o seu amor tantos corações que hoje se dedicam em ajudar ao próximo! Quando olho pra trás e vejo tantos passos alcançados e obstáculos vencidos, me sinto vitoriosa não por meus méritos mas pela graça de Deus, porque humanamente jamais eu teria sido capaz, se não fosse pela mão de Deus e Nossa Senhora.
            Há alguns anos atrás eu já havia informado à vocês da minha saída como responsável pelo Regional Leste 1, mas como a minha vontade muita vezes não é a vontade de Deus, fui ficando e obedecendo, aceitando o tempo Dele. O chamado Dele para assumir uma nova missão mais desafiadora foi tão amoroso, que depois de vários “nãos”, me rendi a sua vontade com um “eis-me aqui”.  Será um grande desafio para nós, do Leste 1, mas a certeza de que  o Espírito irá nos orientar e os instrumentos que Ele usar estiverem a nossa frente, de nada teremos medo - saberemos o que fazer e por onde ir.
            Várias pessoas passaram pela minha vida desde o começo, mas Deus jamais me deixou desistir apesar de tantas provações e vontade de jogar tudo para o alto. As dificuldades foram superadas e o trabalho foi avançando e agradeço a Deus em ter essa equipe no Regional tão dedicada à esse trabalho de formiguinha, como dizia Dom Alano, nosso primeiro Bispo Referencial da Pastoral. Ele com certeza, foi meu maior incentivador estando sempre comigo e me defendendo perante tantos desafios que surgiam.
            Lembro bem, a primeira vez que o Ricardo e a Regina vieram fazer a capacitação nesse mesmo local, indicados por Dom Alano. Com pureza d’alma, não pensei que eles fossem voltar! Mas a minha necessidade era tanta de arranjar colaboradores para essa pastoral, que pedi muito à Deus para me ajudar a encontrar líderes para expandir o trabalho no estado. Deus mais do que depressa, me atendeu. Caminhamos juntos Ricardo, durante todos esses anos dentre tantos atropelos e decepções, mas vencemos os nossos desânimos e dificuldades. Obrigada por ter estado sempre comigo em todos os momentos que precisei. Breve teremos funções diferentes porém com um mesmo objetivo, amar os que muitas vezes não são amados.
            Lúcia, a terceira coordenadora que tive a graça de ter na Diocese de Duque de Caxias, foi a que veio para ficar! Com o seu jeitinho de ser e batalhadora pelas coisas do Reino, foi conquistando meu coração pela garra e pelo desejo de alcançar o objetivo de um agente da pastoral da Aids – dar amor a quem precisa. Não foi  atoa que o Espírito Santo sussurrou no meu ouvido já há algum tempo, mesmo diante do seu não, o grande amor que você tem no coração pelo trabalho em prol dos soropositivos,  que você seria a pessoa certa para assumir o Regional. Mas como eu, algumas vezes também não aceitou. Mas como tudo tem o seu tempo certo, e Deus é muito paciente, esperou o nosso tempo para que pudessemos ver a grandeza do seu amor, nos confiando um trabalho maior e mais desafiante sim, mas não impossível de ser feito. Apenas seguimos o exemplo de Maria, com o nosso sim.
            A Dora e a Fátima, antigas companheiras de luta, que infelizmente não puderam estar presentes, muito colaboraram nesse trabalho de enfrentar tudo e todos por uma grande causa muitas vezes desacreditada por tantos. Mas enfim, vencemos e aí estamos alargando cada vez mais os  nossos horizontes  tornando a pastoral conhecida e respeitada não somente dentro da igreja mas em todo o estado, com o nosso amor que vai além da saúde.
            A vocês, novos agentes e coordenadores, que esse nosso amor pela pastoral  sirva de exemplo de quanto vocês são importantes para Deus pelo sim que deram a um chamado que não foi para qualquer um, mas para pessoas especiais como vocês a quem Deus está confiando uma missão que é simplesmente amá-lo em cada portador que necessitar de nossa presença e de nosso carinho.
            Ao Frei Lunardi, o meu agradecimento pessoal pela amizade, carinho e paciência, durante todos esses anos que convivemos enfrentando todas as mudanças e aceitando a vontade de Deus em minha vida. Espero , com a ajuda de Deus, ser merecedora de tamanha confiança depositada em nosso regional.
            Enfim ao Dom José Francisco, nosso bispo referencial que pegou para si a pastoral tão difícil de ser aceita, o meu sincero agradecimento por nos apoiar, por estar sempre disponível quando precisei, escutando minhas dificuldades, minhas inseguranças e me incentivando a nunca desistir,  compreendendo toda a vontade de Deus em minha vida.
            E vocês todos, nunca desistam porque essa pastoral é especial e única, nos gratifica e nos leva cada vez mais amar à Deus nos irmãos sofredores.
            Deus abençoe a todos! 
        
            Ana Carolina

https://2.bp.blogspot.com/-aG5vJ4YntaU/V6oMrJg_B6I/AAAAAAAAB4U/dKu7bUO2U9gRB5gunJoXCmeqwVgSK8W_ACLcB/s1600/082.jpg

Voltar

Grupo Assistencial S.O.S Vida Direitos reservados 

Tenha você também a sua rádio